sexta-feira, 7 de maio de 2010

A origem dos vampiros emo

poster de Entrevista com o Vampiro Esta noite meu filme favorito passou na tv a cabo!
Eu devia estar dormindo agora, mas tive que vir aqui comentar...

Para quem não conhece, Entrevista com o Vampiro (Interview with the Vampire), dirigido por Neil Jordan, conta a história de Louis (Brad Pitt), transformado em vampiro no final do século dezoito por Lestat (Tom Cruise).
Atormentado por ter que tirar vidas para se alimentar e frustrado pela impaciência, incompreensão e suposta ignorância de Lestat, Louis tenta uma vida melhor junto com a vampirinha Claudia, interpretada pela então pequena Kirsten Dunst (de Homem-Aranha) e uma das personagens mais incríveis da literatura.

Claudia e Louis
O filme é baseado no primeiro livro dos dez que compõem as Crônicas Vampirescas (Vampire Chronicles), de Anne Rice.
Por enquanto, eu li oito. Tenho medo de ler os dois últimos... a autora começou a avacalhar muito as histórias no final!
Mas ela escreve bem pra caramba, e Entrevista com o Vampiro está definitivamente na minha lista de melhores livros do mundo, não só porque eu adoro a história e os personagens mas porque ele é muito bom!

O filme foi muito bem feito e é bastante fiel ao livro.
Não é o elenco de astros que faz com que eu goste dele (embora a presença do Christian Slater tenha chamado minha atenção para assisti-lo pela primeira vez, quando eu tinha uns 11 ou 12 anos).
Christian Slater em Entrevista com o Vampiro
O filme não é perfeito, porém.
Cenas, personagens e falas foram cortados ou alterados para economizar tempo... como em todo filme.
Ele tem alguns pequenos errinhos, como essa história de que os vampiros não podem beber "sangue morto". E alguém certamente sentiria o cheiro de um cadáver apodrecendo no quarto.
Além disso, o Neil Jordan parece ter muita raiva das mulheres neste filme. A única personagem feminina de destaque é a Claudia. Todas as outras são comida! E algumas cenas acabaram ficando um pouco de mal gosto, na minha opinião... como a cena em que Lestat morde a prostituta, ou a cena do teatro. Sim, a moça também fica nua no livro, mas a cena é tão mais bonita!...
E falando nisso, por que será que quando a maioria das mulheres é mordida elas parecem sentir um prazer enorme (e sentem, segundo os livros) e os homens sentem dor?
Era pro Louis gemer de prazer quando o Lestat morde ele!

Lestat e Louis devem ser o primeiro casal gay vampiro da história do cinema...

Lestat e Louis dividem caixão
(pois é, no livro o Louis não tem um caixão só pra ele desde a primeira noite, não!)

Agora, a maior decepção do filme é ver um vampiro cuja aparência faz todos que o vêem se apaixonarem por ele (para raiva da maioria dos leitores, porque ele é muito sacana), transformado aos 17 anos de idade (mas aparentando menos), com lindos cachos ruivos... assim:

Armand - Antonio Banderas
Podiam, pelo menos, manter o cabelo cacheado que o Antonio Banderas tem naturalmente!

Mas, olha, poderia ser pior.
Na verdade, já foi:

Armand - Matthew Newton
Esta cena medonha é do ter-rí-vel A Rainha dos Condenados, filme levemente inspirado pelos livros 2 e 3 das Crônicas e que eu vou comentar em outro post.
Hoje estou de bom humor!
(embora esse filme renda muitas boas risadas)

Além de ser fiel ao livro, Entrevista tem muitos detalhes que fazem a diferença.
Por exemplo, o modo como a pele dos vampiros muda de cor quando eles se alimentam. Ou o som das batidas do coração quando alguém é transformado em vampiro.

Claudia e Lestat
E muitas cenas são reconhecidas ou melhor interpretadas por quem leu os demais livros. A cena da briga em que Claudia diz que Lestat a trata como uma boneca foi baseada em uma briga que é narrada em outro livro (e na qual, no final, Lestat chora de remorso por ter transformado Claudia).

Em outra cena, Armand diz a Louis que Lestat deve ter chorado quando o criou... isso mostra o quento Louis não conhecia Lestat, que tem esse outro lado que não aparece no filme.
Em ainda outra cena, uma das minhas favoritas, Lestat explode com Louis que não pára de lhe fazer perguntas sobre uma origem ou propósito para os vampiros... coisas com que Lestat finge não se importar. Mas quem leu os livros seguintes sabe que isso está longe de ser verdade, e o motivo da raiva de Lestat é saber as respostas que Louis deseja e ter jurado não revelar.

Agora, minha cena favorita do meu filme favorito é esta que se encontra aqui!
Nesta cena, Claudia e Lestat discutem, e podemos perceber o quanto ela é manipuladora. Ela já sabe o que Lestat vai dizer e tem todas as respostas prontas!
Porém, Lestat diz algo que ela não esperava, que a magoa... e ela fica sem palavras por um momento. E Lestat sorri pensando "eu ganhei!".
Mas quando ela diz "por que você diz essas coisas?", o sorriso dele desaparece, e Lestat fica cheio de remorso e com vontade de abraçá-la.
Assim é o Lestat!

Esse trechinho da música que ele toca, de Haydn, é a única peça que eu ainda sei tocar no piano!
Mas eu toco um pouco mais lenta, mais parecido com quando Lestat toca ao voltar para casa algumas cenas adiante.

Lestat
Lestat é um personagem muito fascinante. Sempre com algo escondido nas entrelinhas... sempre mudando de idéia quanto à sua natureza como vampiro - uma hora, ele conclui que um vampiro tem que se mau! Noutra hora, ele resolve que deve usar seus poderes para algo mais construtivo e decide matar apenas pessoas más...
Mas sempre aproveitando a vida ao máximo!

O Louis é muito chato!
E o pior é que é esse o modelo de vampiro que entrou na moda!
Pois saibam, fãs de Crepúsculo e Vampire Diaries, que Louis foi o primeiro vampiro emo!

O que será que o Lestat diria para um vampiro emo?
video


Acredito que voltarei a falar destes personagens em outras ocasiões.

Aaaahhhhh!!!! Quero reler os livros!!!

2 comentários:

Adriana disse...

AAAAAAAAAAAAAAa eu vi tambem o filme passando hauahu não sei se vc viu mas comentei no (twiter?) sei la eu como se escreve! Bom, como não sei usar aquilo acho q não foi meu comentario!! rsrs nhaaaaa ate deixei no canal mas tive q ir dormir =/
E agora lendo teu post me deu uma saudadeeeeeeeeeeeeee !!!.Enquanto lia dava varias risadinhas rsrs!
e no final q vc colocou a fala do Lestet fiquei euforicaaa!!! SAUDADEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

muuuuua Má!!! ;P

"Evil is a point of view" kkkkk

Mari Lee disse...

Pode continuar visitando, que novas postagens sobre o filme virão!

Você é sempre bem-vinda!

:-*